3 instituições em Pirenópolis para celebrar o Dia Internacional dos Museus

 em Dicas em Pirenópolis
Leia em 4 minutos

Atualizado em 19 de maio de 2021, às 9:53

 

3 instituições em Pirenópolis para celebrar o Dia Internacional dos Museus

Foto: Cléber Nerys

O Dia Internacional dos Museus é comemorado anualmente, em 18 de maio. A data foi criada  no ano de 1977, através de uma iniciativa do Conselho Internacional de Museus (ICOM, sigla em inglês), com o intuito de incentivar a cultura e celebrar a importância das instituições.

De acordo com a definição do órgão, museu é uma “uma instituição permanente, sem fins lucrativos, a serviço da sociedade e do seu desenvolvimento, aberta ao público e que adquire, conserva, investiga, difunde e expõe os testemunhos materiais do homem e de seu entorno, para educação e deleite da sociedade”.

Em comemoração à data, selecionamos 3 museus de Pirenópolis para visitar e conhecer um pouco sobre a história e cultura da nossa cidade.

 

Confira 3 instituições em Pirenópolis para comemorar o Dia Internacional dos Museus

1 Museu de Arte Sacra do Carmo

O Museu de Arte Sacra do Carmo foi criado pelo antigo fabriqueiro da Igreja Nossa Senhora do Carmo, Pompeu Cristovam de Pina. 

A igreja foi construída em 1750 por Luciano Nunes Teixeira, minerador, e seu genro Antônio Rodrigues Frota em devoção à Nossa Senhora das Mercês. 

Passou por diversas reformas ao longo dos anos, mas foi a partir da restauração de 1976 que ela foi se transformando em Museu da Arte Sacra, funcionando só em ocasiões especiais.

A abertura da igreja e inauguração do museu só aconteceu em 7 de outubro de 2009. O acervo é composto de imagens sacras dos séculos XVII, XVIII, XIX, coleção de sinos, castiçais, crucifixos, joias em prata, imagens de santos de roca, quadros, dezenas de peças religiosas e objetos remanescentes de outras igrejas que não existem mais, como a de Nossa Senhora da Lapa e dos Pretos Livres. 

Museu de Arte Sacra do Carmo

Localização: clique aqui para chegar lá

Funcionamento: sexta a domingo das 10h às 17h 

Entrada: R$2,00 por pessoa 

3 instituições em Pirenópolis para celebrar o Dia Internacional dos Museus

2 Museu da Matriz de Nossa Senhora do Rosário

O Museu Memória da Obra da Igreja Matriz está localizado na sacristia lateral direita e na sala posterior da igreja Matriz. Construída originalmente em taipa-de-pilão entre 1728 e 1732, a igreja foi tombada em 1941 e é o símbolo cultural mais marcante de Pirenópolis, além de ser considerada o primeiro e maior monumento histórico de Goiás.

Após um grande incêndio em 5 de setembro de 2002, a matriz foi toda reconstruída. Os itens que sobraram do incêndio, hoje fazem parte do museu. 

Nele também se encontra em exposição permanente, o histórico de reconstrução da igreja após o incêndio, o cotidiano de Pirenópolis dos tempos antigos e a primeira obra de José Joaquim da Veiga Vale – a imagem de Nossa Senhora das Dores, de 1834. 

foto

Museu Matriz de Nossa Senhora do Rosário

Localização: clique aqui para chegar lá

Funcionamento: sábados, domingos, segundas, quintas e sextas, das 8h às 18h.

Entrada: R$2,00 por pessoa 

3 instituições em Pirenópolis para celebrar o Dia Internacional dos Museus

3 Museu Rodas do Tempo

O Museu Rodas do Tempo surgiu a partir de um sonho de Augusto Cesar Pires, que consertava veículos antigos de duas rodas, pelos quais era apaixonado. A coleção de Augusto começou no Rio de Janeiro, passou por Brasília, até chegar em Pirenópolis em 2009, já com a proposta de museu.  

Inaugurado em 2010, o Rodas do Tempo reúne motocicletas, bicicletas, scooters, veículos com mais de duas rodas que possuem motorização de motocicleta ou scooter, além de brinquedos e lojas de lembranças.

Museu Rodas do Tempo

Localização: clique aqui para chegar lá

Funcionamento: quinta a domingo das 9h às 17h 

Entrada: R$ 20,00 por pessoa

3 instituições em Pirenópolis para celebrar o Dia Internacional dos Museus

Foto: @motocagem.bsb

Bônus:

Museu do Divino

O Museu do Divino foi construído em 1919 e, como o nome já sugere, nele é contada a história Festa do Divino Espírito Santo, que acontece desde 1819. A festa é considerada uma das mais relevantes manifestações de devoção ao Divino no país e desempenha papel central na identidade cultural da cidade. 

O prédio fica na Avenida Beira Rio, próximo a ponte de madeira, e já foi usado como Casa de Câmara e Cadeia até o ano de 1999. Sua fachada, como conhecemos hoje, é uma réplica do original que, antes, ficava ao lado da Igreja Matriz.

Em 2002, o IPHAN deu início a uma restauração do prédio que mudou completamente a estrutura interior do local. Foi inaugurado somente em 2007. 

No momento, o Museu do Divino não está aberto para visitação devido a reformas internas. Mas guarda aí na lista para, assim que reabrir, ir lá dar uma conferida.

3 instituições em Pirenópolis para celebrar o Dia Internacional dos Museus

Foto: Francisco Aragão

Para mais dicas visite nossa seção Dicas (clicando aqui) ou, se preferir, acompanhe nossa página no Instagram (@agitapirenopolis).

Esse post foi útil para você?

Clique na estrela para votar!

Classificação média da publicação 1

Seja o primeiro a votar!

Já que gostou ...

Que tal nos seguir nas redes sociais também?

Conta pra gente o que você achou sobre isto!

4 coisas para fazer na época de frio em Pirenópolis5 lugares em Pirenópolis que você provavelmente não conhece