Mães de Goiás em situação de vulnerabilidade receberão auxílio de R$250

 em Notícias de Pirenópolis
Leia em 2 minutos

Atualizado em 13 de agosto de 2021, às 17:11

Mães de Goiás em situação de vulnerabilidade receberão auxílio de R$250

Foto: @fer.moon

 

O Governo de Goiás lançou nesta semana o programa Mães de Goiás. A inauguração aconteceu na última segunda, 09, em Goiânia, e contou com a presença da vereadora Ynaê Curado (DEM) e do prefeito Nivaldo Melo (PP).

O benefício de R$250 mensais será concedido para mães, ou pessoas que tenham a guarda de crianças de até seis anos, que estejam em situação de vulnerabilidade social. O programa utilizará a base de dados do Cadastro Único do Governo Federal (CadÚnico) e garantirá assistência social e financeira a 96 mil famílias goianas.

A intenção é que a proposta entre em vigor a partir do próximo mês.

Programa Mães de Goiás

De acordo com a Secretaria de Comunicação do Governo de Goiás, o Mães de Goiás surgiu de estudos para o enfrentamento das desigualdades sociais nos municípios goianos. 

O foco do projeto é garantir segurança alimentar adequada na primeira infância. Segundo o Governador Ronaldo Caiado, esta é a fase em que as crianças mais precisam de uma alimentação correta: “é o momento de crescimento, principalmente cognitivo, conforme estudo de base internacional. Um déficit alimentar pode provocar sequelas eternas”.

Outros dois objetivos do programa são o acesso ao ensino infantil e à saúde. Para isso, as mães devem assumir alguns compromissos como, matricular as crianças que estiverem em idade escolar em alguma rede de ensino e manter a carteira de vacinação atualizada.

Além disso,  as mulheres devem aderir aos cursos de capacitação profissional oferecidos, participar de reuniões socioeducativas, quando solicitado, e, caso gestante, realizar todos os exames relativos ao pré-natal.

O período de participação no Mães de Goiás será de um ano, podendo ser prorrogado por até três anos, desde que os compromissos assumidos no ato de adesão sejam cumpridos.

As famílias contempladas receberão o auxílio por meio de transferência de renda direta, de forma progressiva, incluindo todas as beneficiárias em até 10 meses. Para saber se foram beneficiadas, as interessadas devem acessar o site da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) , clicando aqui.

 

Fique por dentro de tudo que acontece na cidade visitando nossa seção Notícias (clicando aqui) ou, se preferir, siga nosso perfil no Instagram (@agitapirenopolis). 

Participe do nosso grupo no WhatsApp (clicando aqui) e receba nossas matérias em primeira mão

Esse post foi útil para você?

Clique na estrela para votar!

Classificação média da publicação 2.7

Seja o primeiro a votar!

Já que gostou ...

Que tal nos seguir nas redes sociais também?

Conta pra gente o que você achou sobre isto!

Prefeitura de Pirenópolis é condenada a pagar indenização a moradorUltramaratonista Márcio Villar ministra palestra hoje, 16, em Pirenópolis