Pirenópolis vai sediar uma “versão brasileira” do Caminho de Santiago em homenagem à Cora Coralina

 em Destaque 4, Notícias de Pirenópolis

Pirenópolis vai sediar uma “versão brasileira” do Caminho de Santiago em homenagem à Cora Coralina

A famosa rota de peregrinos da Espanha – Caminho de Santiago, ganhará sua “versão Brasileira” em Goiás, começando por Corumbá e se estendendo por 280km. O nome será adaptado para “Caminho de Cora Coralina”, em homenagem a escritora goiana.

A previsão é de que a rota seja oficialmente inaugurada no começo de março. Porém, a Goiás Turismo (agência do governo goiano) ainda não confirmou a data. Mas como disse a querida Cora Coralina “O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada.”

A escritora goiana não poderia imaginar que ganharia uma rota em sua homenagem pelo interior de seu estado natal. E segundo a Gabrielle Carvalho, assessora da gerência de projetos e produtos turísticos da Goiás Turismo, a promessa é de que o Caminho de Cora Coralina seja mesmo “um caminho de histórias, poesias, natureza, encontros, gastronomia e aventura”.

A estrada completa sai de Corumbá e passa por Pirenópolis, São Francisco de Goiás, Jaraguá, Itaguari, Itaberaí e Cidade de Goiás. Essa rota corresponde a um trecho da antiga Estrada Colonial, aberta nos anos de 1730. O caminho ligava Salvador à Vila Bela da Santíssima Trindade, primeira capital do Mato Grosso.

A Rota

Por ser rotas que se passam em cidades históricas, durante o caminho os viajantes encontrarão diversas atrações culturais e naturais; entre elas temos cachoeiras, picos, serras, casarões, museus e informações sobre os mesmos ao longo da caminhada.

Além disso, os povoados de Caxambu e Radiolândia, em Pirenópolis; Vila Aparecida, Alvelândia e Palestina, em Jaraguá; São Benedito, em Itaberaí; e Calcilândia, na Cidade de Goiás, também fazem parte do trecho. Sem contar com o Salto de Corumbá, o Pico dos Pirineus, a Serra de Jaraguá e o Parque Municipal Estrada Imperial.

Assim como acontece no Caminho de Santiago, que vai até Santiago de Compostela, na Galícia, norte da Espanha; hotéis, pousadas, restaurantes e outras estruturas de apoio estão sendo mapeados para facilitar a programação dos viajantes.

A rota será divulgada ao público por meio de um site e de um aplicativo para celular. Mas por enquanto o que está sendo feita é a sinalização de todo o percurso por meio de marcações com spray.

Pirenópolis vai sediar uma “versão brasileira” do Caminho de Santiago em homenagem à Cora Coralina

Investimentos

De acordo com a Goiás Turismo, a maioria dos trabalhos estão sendo executados por voluntários. O recurso para adquirir o material de sinalização está vindo do “Programa Experiências na Natureza”.

Todo o projeto faz parte do plano “Goiás Experiências Inesquecíveis”, criado pela agência em 2014. O objetivo é desenvolver rotas regionais, estaduais e interestaduais. O Caminho de Cora Coralina é a rota correspondente à Região do Ouro.

Para desenvolver a sinalização e ajudar na tarefa de estruturação, metodologia, engajamento e implementação das trilhas de longo curso, a Goiás Turismo teve o apoio do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

E aí, estão preparados para essa aventura? Continue nos acompanhando e fique por dentro de todas as  novidades!

 

Pirenópolis vai sediar uma “versão brasileira” do Caminho de Santiago em homenagem à Cora Coralina
4.7 (94.29%)

Comentários sobre Pirenópolis Qual sua opnião?

Comente usando o Facebook.