Turismo de natureza impulsiona a cidade de Pirenópolis

 em Destaque 4, Notícias de Pirenópolis

Turismo de natureza impulsiona a cidade de Pirenópolis

Num contexto em que todas os campos da vida humana se encontram diretamente dependentes de questões como a sustentabilidade e a responsabilidade social, estes temas vêm ocupando cada vez mais as pautas de empresas de diferentes setores. Em todo o Brasil apresenta-se um esforço nesse sentido e o município de Pirenópolis não é exceção, com a sua atividade turística, uma das principais da região, ganhando destaque pelas iniciativas em prol das pessoas e do ambiente que as envolve.

O município se diferencia no panorama nacional pelos seus atrativos, principalmente naturais. Por isso, quem procura um contato próximo com a natureza pode encontrar aqui o seu destino ideal, através de locais como a Cachoeira do Abade, a Cidade de Pedra, ou até de espaços como o Parque Estadual dos Pireneus, reconhecido pelo seu caráter rupestre de altitude. Por estas características, anualmente chegam a Pirenópolis milhares de turistas e, de acordo com o Boletim de Dados do Turismo em Goiás 2018, entre os anos de 2013 e 2017 foram criados 50 estabelecimentos e 378 postos de trabalho associados ao setor turístico, o que se reflete num crescimento de 41% e 61,3%, respectivamente. Além disso, eventos como o Carnaval são marcantes para a região. No ano de 2018, 79,6% dos visitantes eram turistas, com uma idade média de 35 anos, assim como 97,2% destes 501 pesquisados afirmaram que desejam visitar novamente o município.

Por outro lado, existe uma preocupação emergente com questões sociais e ambientais por parte da região. Assim, 21,6% dos espaços que oferecem hospedagens estão preocupados em economizar energia, enquanto que 9,5% incentivam a separação de óleo. Nesse sentido, vários reconhecimentos nacionais se sucederam, como aconteceu com a categorização feita pelo Ministério do Turismo, distinguindo o setor no município.

Iniciativas garantem a sustentabilidade — do vidro à moda

Com todo um legado natural e histórico, Pirenópolis assume uma forte missão de responsabilidade social e ambiental. Assim, inúmeros projetos foram criados ao longo dos anos de maneira a alinhar o turismo a este objetivo. O Centro Histórico é um deles, dando lugar à Quinta Santa Bárbara Eco Resort, uma propriedade com 30 mil metros quadrados de espaço verde e que funciona através de ferramentas que captam e tratam a água da chuva e da implementação de aquecimento através do sol. Por outro lado, a Pousada Fênix atua em diferentes campos, como o enaltecimento da cultura regional, as doações para iniciativas sociais, a compostagem e o aquecimento solar.

Na verdade, a energia proveniente dos raios solares é uma das principais apostas de Pirenópolis, com a formação de empresas como a HCC Energia Solar, que auxiliam na implementação destes sistemas no município. Também nessa linha natural, uma das iniciativas mais representativas da região foram as ecovilas do Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado (Ipec), uma vez que unem as pessoas, o ambiente e as questões arquitetônicas ao desenvolverem os edifícios com tijolos de barro e revestimento totalmente natural.

Porém, cuidar da responsabilidade social e ambiental não é apenas importante para o setor turístico, mas para todas as indústrias. De acordo com um estudo desenvolvido recentemente pela revista Exame, 45% das 140 organizações entrevistadas demonstraram preocupação em fazer uma utilização de recursos consciente, enquanto que 84% efetua uma avaliação anual do seu impacto no meio ambiente. Entre algumas das instituições que se dedicam diariamente a questões ambientais e sociais, encontra-se a gráfica Eko Footprint, que trabalha em prol de reduzir a contaminação da natureza, contribuindo em 92% para este problema quando comparada a outras organizações do setor. Nessa gráfica, o material utilizado para imprimir é feito a partir de cera e de restos de cana. As empresas ligadas à moda também entraram neste universo e a fabricante de roupa interior Bambusa apenas usa nas suas peças algodão sem qualquer agroquímico.

Por outro lado, o mundo dos cassinos online também demonstra uma atuação responsável em relação ao mercado, como é o caso da Betway, site de jogos de cassino online, que apoia o Jogo Responsável. Além disso, entidades reguladoras como IBAS, eCOGRA e MGA certificam esse site de jogos. Por fim, setores ligados ao vidro também fazem parte deste movimento, destacando-se a empresa Arga Vidros nacionalmente, cujo modelo de negócio se prende à compra e venda do material de maneira a não haver desperdício do mesmo.

Ao longo do tempo a consciência coletiva e ambiental pauta de forma crescente os comportamentos das empresas, de forma a prejudicar ao mínimo o meio ambiente. Esta preocupação encontra-se diretamente ligada às diversas indústrias, destacando-se as iniciativas desenvolvidas no panorama turístico.

Esse post foi útil para você?

Clique na estrela para votar!

Classificação média da publicação 0

Seja o primeiro a votar!

Já que gostou ...

Que tal nos seguir nas redes sociais também?

Qual sua opnião?

9 coisas para fazer em casa e espantar o tédio em dias chuvosos