Novo decreto confirma reabertura de Pirenópolis para o turismo

 em Covid-19, Destaque 4, Notícias de Pirenópolis

A prefeitura de Pirenópolis publicou nesta sexta-feira, 31, um novo decreto que prevê medidas que garantiram a reabertura de Pirenópolis para o turismo em 14 de agosto.

Pousadas, hotéis, casas de aluguel, áreas de camping, albergues, hostels, agências de viagens e todos os atrativos voltarão a funcionar “desde que atendam aos requisitos e às medidas recomendadas pelas autoridades de saúde”.

A entrada de visitantes de outros estados só será permitida mediante comprovação de hospedagem.

Os cuidados durante a reabertura de Pirenópolis

Segundo o decreto, os estabelecimentos terão de cumprir uma série de medidas como treinar funcionários e colaboradores.

Algumas delas são: manter o distanciamento de 2 metros; aferir a temperatura de todos os clientes, sendo proibida a entrada ou permanência de hóspedes que apresentarem sintomas de síndrome gripal.

Os meios de hospedagem deverão utilizar no máximo 65% de ocupação diária de 65% das UHs e dos leitos em disponibilidade. Nas demais áreas ou atividades, será permitida capacidade de carga de no máximo 50%.

O uso de máscara será obrigatório na cidade, podendo ser retirada apenas para alimentação ou bebida. Nos atrativos naturais, o item pode ser retirado para banho. Caso algum funcionário teste positivo, o local deverá ser fechado e totalmente higienizado. A volta do colaborador só será permitida quando a testagem for negativa e após liberação médica.

O documento expõe ainda que bares, lanchonetes e restaurantes estão autorizados a funcionar todos os dias da semana, até a meia noite. Os demais estabelecimentos podem abrir de segunda a sábado, das 7h às 20h, e aos domingos até às 12h. Atividades essenciais não possuem controle de horário de funcionamento.

A flexibilização poderá ser suspensa caso a taxa de ocupação de leitos na cidade e em Goiás seja maior que 95%.

Veja o último decreto na íntegra.

Pirenópolis hoje

Até o dia da reabertura de Pirenópolis, 14 de agosto, a cidade continuará sob as duras medidas impostas pela prefeitura no combate ao COVID-19.

Fechada para o turismo há 5 meses, com toque de recolher e 84 casos confirmados do novo coronavírus, segundo a última publicação feita nas redes sociais da secretaria de Saúde.

Clique aqui para acompanhar novas informações sobre o COVID-19 na cidade.

O que você achou da reabertura da cidade?

 

Esse post foi útil para você?

Clique na estrela para votar!

Classificação média da publicação 4.9

Seja o primeiro a votar!

Já que gostou ...

Que tal nos seguir nas redes sociais também?

Qual sua opnião?

Após dois meses no cargo, secretária de Saúde pede demissão