Pedras de Pirenópolis: você sabe onde e como comprá-las?

 em Destaque 1, Dicas em Pirenópolis
Leia em 3 minutos

Atualizado em 24 de junho de 2022, às 4:58

Pedras de Pirenópolis - Pedra serrada

Pedras de Pirenópolis – Pedra serrada.

Misturar materiais super modernos com tecnologia e matéria-prima natural é uma das técnicas mais utilizadas em projetos arquitetônicos, como no caso do uso das Pedras de Pirenópolis em acabamentos de áreas internas e externas. A fusão, agrega valor e revela sofisticação na apresentação final da obra. Além de proporcionar resistência, durabilidade e conforto térmico.

Por isso, não é difícil encontrar pessoas em busca de recursos exclusivos Brasil afora, como é o caso das pedras encontradas na cidade de Pirenópolis, em Goiás. O material extraído da região é chamado Pedra Goiás, Quartzito ou Pedras de Pirenópolis, que se trata de uma espécie de rocha metamórfica cujo componente principal é o quartzo e é facilmente encontrada em tonalidades e superfícies variadas.

A extração das pedras acontece na pedreira da cidade, localizada na Serra dos Pireneus.

Suas características permitem um amplo leque de combinações e cortes para aplicação. Podem ser utilizadas em projetos que migram do rústico ao luxuoso em segundos, tanto para ornamentação quanto para revestimentos.

A utilização de revestimento utilizando as pedras extraídas na cidade é ecologicamente correto, pois as empresas que exploram as jazidas naturais fazem o reflorestamento e recuperação das áreas, utilizando o máximo possível do material e seus subprodutos. Por exemplo, das mesmas pedreiras onde são extraídas as pedras, encontra-se também a chamada areia de pedra, resíduos do material triturado e reaproveitado como areia na construção civil.

As pedras despertam o interesse e a criatividade de arquitetos e designers de interiores em todo o país — principalmente pela durabilidade — superior a qualquer produto industrializado.

Cerâmicas industrializadas instaladas em ambiente adequado, seguindo as normas de qualidade e técnica duram no máximo 25 anos. Pisos de madeira resinados tem a durabilidade aproximada de 30 anos entre cada restauração, lixamento e/ou resinação. As Pedras de Pirenópolis apresentam vida muito superior em aspecto de beleza, qualidades técnicas e possuem reposição vitalícia, pois não seguem moda / fabricante. Um produto natural.

Afinal, quais os cuidados e onde comprar as Pedras de Pirenópolis?

-> No site pedrasdepirenopolis.com 
(Clique no endereço para acessar o site).

 

Por se tratar de um material único e natural é importante escolher bem o seu fornecedor. O empresário Joaquim da Silva filho, proprietário da empresa com o mesmo nome das pedras: Pedras de Pirenópolis, explica que:

“As pedras extraídas em Pirenópolis diferem dos materiais industrializados que possuem aparência uniforme, por isso tanto a retirada do material como o transporte deve ser feito seguramente”.

Joaquim da Silva Filho conta que a partir do pedido do cliente o processo para entrega do produto final pode levar até 15 dias.

“Prezamos pela pontualidade na hora de atender nossos clientes e pela rapidez da entrega, sem medir esforços para que nossos produtos cheguem com qualidade e garantia ao consumidor. Para isso, possuímos um serviço de frete próprio”.

O empresário — entrevistado pelo Agita — cita também que a procura por este material cresceu nos últimos anos.

“Devido sua versatilidade, o número de arquitetos, decoradores, paisagistas e engenheiros que buscam as pedras aumentou bastante. Hoje recebemos pedidos do Brasil inteiro e é notório que seu uso também foi sendo reinventado além do tempo”.

O Agita apurou que, na construção, as Pedras de Pirenópolis são utilizadas em sua forma bruta, serrada, lapidada ou em forma de retalhos. Seu uso é infinito. As pedras são usadas para os mais diferentes projetos.

 

Pedras de Pirenópolis - Pedreira da cidade.

Pedras de Pirenópolis – Pedreira da cidade.

Quando começou a mineração em Pirenópolis?

A mineração em Piri — como é carinhosamente chamada a cidade — teve início com o ouro, quando seu nome ainda era Minas de Nossa Senhora do Rosário Meia Ponte.

Estas minas foram descobertas pelos bandeirantes e entregue aos portugueses. Não há informações exatas sobre o início da mineração de Quartzito, Pedras Goiás ou Pedras de Pirenópolis na cidade.

Algumas histórias contam que este tipo de extração começou entre 1900 e 1930, também não é citado nome algum referente a ideia de iniciativa da mineração.

Mais informações e dicas sobre a cidade?

Siga-nos no Instagram ou, se preferir, acesse a seção Dicas em nosso site clicando aqui.
Compartilhe esse post!

Esse post foi útil para você?

Clique na estrela para votar!

Classificação média da publicação 5

Seja o primeiro a votar!

Já que gostou ...

Que tal nos seguir nas redes sociais também?

Comentários
  • Avatar of Léo
    Léo
    Responder

    Boa publicação Agita.

Deixe um Comentário

occo - Engenharia e Construção em Pirenópolis