O que é dor lombar?

Muitos pacientes vem ao consultório com dor no ombro, cotovelo e mãos; dores nas pernas, joelhos e pés e a causa está na coluna lombar.

A lombalgia, popularmente conhecida como dor lombar, é uma dor localizada na região da coluna vertebral na parte inferior. Grande parte da população nos dias de hoje, convive com essa dor. Para cada quatro adultos, três sofrem com dores na coluna, sendo este o resultado da má postura, sedentarismo, posições incorretas, entre outros fatores associados incluindo, a execução errada de exercícios. Além dos sinais clínicos da doença, o ortopedista pode pedir um exame de imagem, como o raio-x e ressonância magnética, para poder verificar a existência de outras doenças envolvidas como por exemplo o bico de papagaio (osteófitos).

Sintomas

A dor lombar pode ser aguda, que pode durar em média de quatro a seis semanas,  ou crônica podendo durar por toda vida.  Os principais sintomas são: dores no fundo das costas; contratura e tensão muscular aumentada na região; incapacidade de ficar sentado ou em pé por muito tempo, sendo necessário buscar novas posições para ficar sentado, dormir ou caminhar.

Causa

Existem vários fatores que podem causar a dor lombar, entre eles estão: sedentarismo, idade, herança genética, má postura, levantar pesos inclinando a coluna para frente, síndromes depressivas, traumas, gravidez;

Existem algumas doenças e condições que também podem causar lombalgias, tais como: Infecções virais; Menstruação ou síndrome pré-menstrual; Hérnias discais na região lombar; Doenças articulares degenerativas  e/ou inflamatórias de diversos tipos; Osteoporose e doenças (benignas ou malignas) que afetam o útero e o ovário.

Tratamento

Além do tratamento medicamentoso (analgésicos/anti-inflamatórios/relaxante muscular), o indivíduo deverá realizar também o tratamento fisioterapêutico. Através de uma avaliação física do paciente o profissional conseguirá elaborar e orientar o tratamento específico para cada indivíduo.

Nas sessões de fisioterapia alguns aparelhos deverão ser utilizados para aliviar a dor e diminuir a inflamação; Alongamentos e fortalecimento muscular, manipulação da articulação e orientação de boa postura durante o dia e a noite também fazem parte do tratamento.

Durante as sessões aconselha-se evitar esforços e não realizar atividades físicas para evitar as dores nas costas e a sobrecarga nas articulações.

Em casa, o indivíduo poderá utilizar uma bolsa de água morna / compressa de gelo para aliviar a dor, durante aproximadamente 20 minutos antes de deitar; massagens de relaxamento também podem aliviar a dor e melhor a circulação sanguínea local, mas estas devem ser preferencialmente realizadas por um massoterapeuta.

Se você possui dores na coluna, e se identificou com esse texto, não perca tempo!

Agende imediatamente uma consulta com o ortopedista e inicie o tratamento fisioterapêutico o mais rápido possível, para que essas dores não torne um problema ainda mais sério e te traga maiores consequências.

Você também pode gostar de ler