Ecocentro em Pirenópolis ensina como viver de forma sustentável

 em Meio Ambiente em Pirenópolis

ecocentro_em_pirenopolisFundado em 1998, pelo permacultor André Soares e a pedagoga e escritora Lucy Legan, o Ipec é uma organização não governamental sem fins lucrativos. O objetivo é buscar estabelecer soluções apropriadas e sustentáveis para o meio ambiente, e assim para a sociedade demonstrando a viabilidade dos princípios da Permacultura e da Bioconstrução. Além de disseminar e viabilizar a cultura sustentável, oferecendo experiências educativas no Cerrado de Pirenópolis.

Em 18 anos foram criadas estratégias de habitação ecológica, saneamento responsável, energia renovável, segurança alimentar, cuidado com a água e processos de educação para a sustentabilidade de forma vivenciada.

No centro, as casas são todas feitas de adobe, uma maneira mais econômica e com pouco impacto ao meio ambiente. Lá os alimentos são todos produzidos de forma orgânica e sustentável, e os dejetos são armazenados por 6 meses em câmaras apropriadas para virarem adubo.

O Ecocentro também realiza diversas atividades, como o centro de referência, aberto a visitação, que demonstra as tecnologias para pessoas ou empresas que pretendem achar o equilíbrio entre recursos e empreendimento sustentável. Famílias ou indivíduos também podem alugar as habitações por alguns dias, a fim de vivenciar a vida ecológica na hospedagem com descobertas.

Atualmente, o Ecocentro é a referência em Permacultura e Bio construção para brasileiros e estrangeiros que querem aprender sobre a vida sustentável.

 

O Ipec ministra alguns cursos, como o curso de design aplicado a permacultura, que é um sistema de planejamento para a criação de ambientes humanos sustentáveis e produtivos em equilíbrio e harmonia com a natureza.

Outro curso é o Bioconstruindo, que busca a reflexão do papel individual como agentes ativos de alternativas e soluções para o gerenciamento da água, dos resíduos, da energia, da mobilidade e do uso da terra.

Vale muito a pena fazer uma visita ao Centro, e não apenas aprender a viver de forma ecologicamente correta, mas vivenciar tudo isso. E para quem quiser conhecer um pouco mais a fundo sobre a permacultura e ações sustentáveis, basta visitar a lojinha verde do centro, que vende diversos livros a respeito.

 

Texto e Publicação: Heloisa Bortolassi

Gostou dessa publicação?

Comentários sobre Pirenópolis Qual sua opnião?

Comentários sobre Pirenópolis Instagram Pirenópolis