Cervejas Artesanais: Beba menos, beba melhor!

 em Vem pra Piri

cervejas_artesanais

Nos últimos anos as cervejas especiais estão em grande expansão no mercado, e vem despertando o interesse de mais pessoas cada dia que passa. Além das embalagens e garrafas que encantam pela diversidade e criatividade, essas bebidas inovam pela qualidade e preocupação com a preparação de cada uma delas. Mas, além disso, o que elas têm de tão “especiais” assim? A gente explica.

A principal diferença das cervejas artesanais é que nelas só podem ser usados, água, malte, lúpulo e levedura, enquanto que cervejas comuns podem levar milho ou trigo. Esse tipo de bebida se origina de países que criam seus próprios estilos de cervejas, com características únicas; esses países são chamados Escolas Cervejeiras. Os estilos mais conhecidos atualmente tem origem em escolas cervejeiras alemã, belga e inglesa. Nosso país é o terceiro maior produtor de cervejas do mundo e o crescimento do setor de cervejas artesanais foi de 36% nos últimos 3 anos.

No Brasil a microcervejaria artesanal mais antiga é provavelmente a Cervejaria Canoinhense, fundada em 1908 em Santa Catarina. Lá são produzidas cervejas Nó de Pinho, Jahu, Malzbier, a bock Porter e a suave Mocinha. Já no Centro-Oeste, a primeira linha de cervejas foi produzida na capital Goiana, a Colombina. As cervejas dessa linha buscam manter uma pegada regional na composição, e além dos ingredientes básicos da cerveja, ela também leva toques goianos, como a rapadura Moça Branca, Mangaba, pequi e Cagaita.

Cada cerveja especial apresenta um mundo novo. Sabores, aromas e cores são únicos em cada rótulo, além de trazer diversas possibilidades de harmoniza-las com entradas, pratos principais e sobremesas, tornando-as ainda melhores. Não é atoa que Pirenópolis, mundialmente conhecida pela gastronomia, ficou ainda mais famosa por sediar anualmente o Piribier, 1° e maior Festival de Cervejas Artesanais do Centro-Oeste. Unimos o útil ao agradável né?

E claro que Piri, realizadora desse grande evento, não poderia ficar de fora das cidades com uma cervejaria típica. A Santa Dica possui apenas 4 tipos de cervejas, mas a queridinha do lugar, a original Santa Dica compensa a diversidade de rótulos. Uma cerveja artesanal feito do mais puro malte, que em seus ingredientes, carrega a identidade cultural da cidade, juntamente com seu rótulo que estampa um mascarado pirenopolino.

Agora que conhece um pouco mais dessas bebidas na teoria, que tal conhecer na prática? Separamos 3 ótimos lugares para se tomar uma boa cerveja artesanal quando estiver em Piri:

Confraria do Boxexa

Localizada na Rua do Lazer, famosa por seus bares e restaurantes, o lugar conquista pelo atendimento simpático do proprietário. A confraria passou a incluir cervejas artesanais no cardápio por volta de 2009, desde então mantem clientes assíduos que sempre buscam experimentar um dos mais de 40 rótulos que ela possui, todos perfeitos para acompanhar a famosa Panelinha do Boxexa.

Aravinda

Também na Rua do Lazer, o Aravinda Comidas Artesanais é famoso pelos shows ao vivo de rock clássico, cervejas geladas e ambiente agradável e charmoso, todo decorado no estilo hippie chic. O restaurante oferece uma enorme variedade de cervejas especiais, com destaque a goiana Colombina, que possui cerca de 10 opções de sabores, desde uma cerveja leve e refrescante até uma escura e encorpada. Vale a pena experimentar todas.

Bangkok

Apesar de ficar um pouco afastado do Centro Histórico, o Bangkok é uma excelente escolha para se deliciar com uma cerveja artesanal. O foco do lugar são os vinhos, por possuir a maior adega de Pirenópolis. Mas o proprietário que já colocou 20 rótulos diferentes vem procurando aumentar as opções das cervejas. Uma bela pedida para acompanhar as bebidas, são as toschcas.

Temos que ressaltar que esse tipo de bebida é feito para ser tomada em menor quantidade, valorizando sempre o sabor e o prazer de tomar uma cerveja de qualidade. Então BEBA MENOS, BEBA MELHOR! E Cheers!


Texto e Publicação: Heloisa Bortolassi

Cervejas Artesanais: Beba menos, beba melhor!
4 (80%)

Comentários sobre Pirenópolis Qual sua opnião?

Comente usando o Facebook.

Comentários sobre Pirenópolis Instagram Pirenópolis